Alexandre Pais

TagCMTV

Um herói de farda

U

Mariana teve sorte. Um raro momento de conjugação de astros – uma enfermeira, um bombeiro e um militar – salvou-lhe a vida, poucos minutos depois de ter capotado o carro conduzido pelo namorado. Presa no habitáculo e de cabeça para baixo, a jovem estava na iminência de sufocar quando foi salva numa ação concertada dos três profissionais, que seguiam na mesma estrada como anjos incumbidos da...

Um estado com vocação para palhaço

U

Rui Pereira é um dos mais sérios, equilibrados e bem preparados comentadores da televisão – e está na CMTV. Mas foi uma pequena entrevista que deu ao jornal, há dias, que me alertou para uma situação que me passava ao lado e me deixou estarrecido. Logo a mim, que tenho a pretensão de achar que já nada me surpreende na vida. Rui Pereira explicou-nos o que era o instituto da contumácia, uma espécie...

Ruas cheias ou ruas desertas?

R

Para prestar assistência domiciliária a um familiar, não posso cumprir, totalmente, o dever de ficar em casa. E no passado domingo lá fui até Oeiras, por uma A5 de trânsito muito reduzido. Já à beira mar, estranhei que o paredão não estivesse repleto, havendo mais pessoas a correr de forma isolada do que famílias em caminhadas. Na praia quase ninguém, nas ruas poucos carros e apenas junto aos...

Carlos Carvalhal está um homem perigoso

C

O FC Porto ganhou com justiça ao Sp. Braga, mas teve a sorte dos vencedores num detalhe de cinco centímetros: o do golo invalidado aos visitantes, aos 21 minutos, e que daria o 0-2. Cantaria outro galo? Nunca saberemos, os rios não correm para trás. A verdade é que até ao remate vitorioso de Sérgio Oliveira, que deu o empate, os bracarenses desenvolveram um futebol de excelente qualidade, dando...

O que interessa é a satisfação plena do cliente

O

Na SIC e na TVI devem pensar que descobriram a pólvora com a decisão concertada de silenciarem os comentadores que são adeptos dos clubes. Trata-se apenas de uma abertura de vagas, pois o contributo para combater a propalada “toxicidade” no futebol é quase nulo. Por um lado, está nas instituições e nos seus principais responsáveis a origem do mal. E essa não é atacável por uma comunicação social...

A derrota das grelhas sagradas e não só

A

No último domingo, a CMTV bateu o recorde de audiência total, ao alcançar – segundo a GfK – 3,2 milhões de espectadores. Com um “share” médio no dia de 7,6%, soterrámos a concorrência – SIC Notícias, TVI24 e RTP3 obtiveram, juntas, 4,7%. Mas aquilo que surge como mais um degrau na escalada vitoriosa de sete anos, da estação deste jornal, merece uma nota que contrarie a mania portuguesa de tudo...

Estreia em grande da Telescola

E

Os tempos estranhos e o confinamento parcial – e cada vez menor, ai, ai… – vão alterando audiências e causando surpresas. A maior da semana terá sido a estreia da Telescola, que “obrigou” Cristina Ferreira a receber Graça Freitas para lograr bater a RTP Memória… Na ausência do futebol, as novelas dominam o “top” diário e até “Quer o destino”, da TVI, com os seus erros de casting, se...

Duplo chapeau!

D

Na noite de estreia, “24 horas de vida”, da SIC, alcançou a terceira posição do dia, com mais de 1,2 milhões de telespetadores, “metido” entre os telejornais que, por esta altura, estão em alta. E quem esperava uma descida de audiência na segunda edição do programa, no passado domingo, enganou-se, uma vez que tornou a ficar em terceiro e até com mais 32 mil pessoas a assistir – apesar do líder...

Nuno Santos na TVI é a novidade que conta

N

O nascer da década trouxe-nos uma situação nova e outra de continuidade no funcionamento de dois canais generalistas. Começo pela última, a da RTP, que “reprovado” José Fragoso para a direção de informação, recorreu a um dos nomes que há anos flutuam como a cortiça, numa segunda linha cinzenta paga com o dinheiro dos impostos dos portugueses. Enfim, é para perder, pouco conta. A novidade é que...

O dia em que Lisboa foi a capital do Planeta

O

É uma viagem interplanetária, um “meeting” de visionários, uma feira de genialidades, um encontro de protagonistas do mundo novo – tudo o que quisermos. Só que o saloio que eu sou já deitava a Web Summit pelos olhos, não podia ver mais as “reportagens” de encher pneus com louros deslumbrados com o sol lisboeta, o bacalhau à brás, o café a 60 cêntimos. Boa viagem e até para o ano! Sim, quero que...

Alexandre Pais

Arquivo

Twitter

Etiquetas