Alexandre Pais

TagCristina Ferreira

Uma rua mais de espinhos do que de flores

U

Não, só velho não chega. Talvez precise mesmo de ficar patarata para conseguir achar alguma graça às novelas produzidas para adoçar a senilidade e recolher as simpatias de quem já não está para mais chatices na vida. A ‘moda’ terá começado em 2013, com ‘Bem-vindos a Beirais’, na RTP, cujo humor ‘naif’ nos tocava e fazia sorrir. Correu tão bem que vieram os sucedâneos, com menor frescura de...

O ‘fair play’ de Cristina Ferreira

O

Criticam-na pelos erros que comete a escolher programas e protagonistas – como aqui tenho feito e continuarei a fazer –, criticam-na pela voz estridente ou pela ousadia dos decotes, criticam-na pela ostentação das viagens ou dos carros, criticam-na por causa do Casinhas ou pela relevância empresarial – que de facto não tem –, criticam-na por a acharem saloia ou apenas por não ‘irem’ com a cara...

José Eduardo Moniz é um homem de sorte

J

Calcula-se que a TVI tenha revolvido céu e terra na tentativa de repetir, no ‘Big Brother’ dito de ‘famosos’ – ainda que de fama zero – o impacto provocado na anterior edição por Bruno de Carvalho. Tratava-se, obviamente, de uma missão impossível e o lote de participantes acabou por formar-se com figuras de segunda linha nas respetivas atividades – algumas, convenhamos, mais de terceira ou até no...

E lá acertou uma vez!

E

No início do ano, Cristina Ferreira atirou mais uma toalha ao chão e pôs fim ao último fracasso: o ‘Cristina ComVida’, um ‘flop’ de audiências e um gasto absurdo de dinheiro, que terminou – oh, espantosa coincidência! – no preciso dia em que António Costa desfrutou de tempo de antena extra com a dona da casa. Mas a apresentadora já estava confortada pelo seu golpe de asa – semelhante ao de...

AS frases perigosas de Cristina Ferreira

A

Mais do que os insucessos que vem acumulando, que resultam em grande parte da sua falta de perfil para o cargo de diretora de entretenimento, o que mais espanta em Cristina Ferreira é o seu discurso errante, tanto nas entrevistas como nos remoques aos “haters” das redes sociais – sempre eufóricos com a atenção que a nata dedica ao esgoto. Frases como “perder para mim tem zero importância” ou “se...

Cristina Ferreira atrás das câmaras para quê?

C

O entretenimento da TVI continua a viver de fogachos: mal se afunda um programa, logo se lança outro com o espalhafato necessário para disfarçar o fracasso anterior. E conforme o tempo passa, “Cristina ComVida” bate mínimos de audiência, perde por centenas de milhares de espectadores para as novelas da SIC e para “O preço certo” da RTP, e regista “shares” de vários pontos abaixo daqueles que a...

Torre bela e negra

T

Era para lhes falar hoje do programa amador e deprimente conduzido por Cristina Ferreira, “sem medos” (?), na noite de sábado – mais uma derrota de audiências a juntar a “flops” da TVI como o “Dia de Cristina” ou o “Viva Vida”. Mas não resisto à onda de choque das fotos e vídeos aterradores que nos mostram centenas de cadáveres de animais numa herdade do centro do país, imagens reveladoras de...

Cristina Ferreira e Rita Pereira podem esperar sentadas

C

A presença de Cristina Ferreira, acionista e administradora da TVI, no Jornal das 8 – para promover um livro que é um projeto seu – constituiu um sério aviso aos faróis da deontologia jornalística: se um dia ela mandar na informação da estação, a independência editorial corre o risco de ser esmagada por critérios cor de rosa. No seguimento de uma caótica conferência de imprensa, a nevrótica...

A bomba de Cristina era de carnaval

A

Decisões avulsas, o bom senso à deriva… Pressionada pelo relativo fracasso do “Dia de Cristina” – que na manhã de quarta-feira quebrou nas audiências quando o “chef” Ljubomir passou pela SIC e que à tarde voltou a ficar atrás de Júlia Pinheiro, apesar da “bomba” anunciada – a dona daquilo tudo na TVI tenta corrigir o tiro errado do afastamento de Cláudio Ramos do “Big Brother” – uma decisão...

Mendes, Goucha e Fátima: peixes de águas profundas

M

Como espectador, tanto me diverte assistir a um bom programa como ver a deceção de alguns espevitados quando peixes de águas profundas, dados como extintos, voltam a dar sinais de vida. Aconteceu isso com “O preço certo”, da RTP1, primeiro após o fogo fátuo de Cristina com “Apanha se puderes”, da TVI, e depois com a crise pandémica que suspendeu os “diretos”. Fernando Mendes, que já recuperara...

Alexandre Pais

Arquivo

Twitter

Etiquetas