Alexandre Pais

TagFC Porto

FC Porto vê milhões a voar

F

Os negócios dependem essencialmente de uma caraterística especial dos investidores, que ou se tem ou não se tem: a capacidade para prever o que há-de vir. Não dispor dessa qualidade ou, tendo-a na maior parte das vezes, falhar um feeling, pode conduzir a prejuízos irreparáveis. A contratação de Lopetegui pelo FC Porto constituiu, há dois anos, um risco tremendo e já muito se perorou sobre isso...

Nuno, o reinventor

N

Sinto-me dividido quanto à contratação de Nuno Espírito Santo pelo FC Porto. Por um lado, alinho com a estranheza de alguns – e a falta de entusiasmo de quase todos – pela escolha de um técnico de currículo modesto, arrancado ao desemprego e ferido pela calamitosa passagem pelo Valencia, embora, verdade se diga, os seus sucessores não tenham feito melhor. E também pela velha teoria de que os...

Três estrelas

T

Nos últimos dias, tem estado na moda elogiar Nico Gaitán. Elogios justos, sem dúvida, para um jogador especial, desde logo pela forma como se apresenta, sem o corpo repleto de tatuagens e o cabelo com cortes à chunga, e depois pela estrutura do discurso e pela cabecinha – própria, atenta, preocupada e esclarecida. Causam-me menos admiração as exaltações do argentino a Jorge Jesus, agora que saiu...

De Baiano a Marcano: uma simples reflexão

D

Uma palavra rápida para a vitória do Sp. Braga na Taça de Portugal e para o excelente desempenho, no onze titular, do defesa Baiano, um dos 15 ou 20 brasileiros que uma das mais desqualificadas, incompetentes e nefastas direções da história do Belenenses contratou de uma assentada. aqui há anos, com trágicas consequências. Havia até um (só um?) contratado que se dizia trabalhar nas obras e...

Peseiro, Jesus e o trio maravilha

P

Na escola, o professor faz uma pergunta de algibeira ao Tonecas: duas equipas de futebol defrontam-se, uma delas atira duas bolas aos ferros da baliza adversária e a outra não atira nenhuma; qual dessas equipas é treinada por José Peseiro? O menino sorri de alívio, essa ele sabe. Lamúrias. O certo é que se no remate de Herrera ao poste, logo no início do jogo, a bola tivesse entrado, os portistas...

Melhor que o futebol nem a cortiça

M

Com a qualificação do Sp. Braga para os “quartos” da Liga Europa, Portugal recuperou à França o 5.º lugar no ranking da UEFA. Os franceses têm ainda o PSG na Liga dos Campeões e nós temos o Benfica, pelo que o desempenho europeu dos arsenalistas será importante para mantermos a posição até ao fim, o que permitirá ao 3.º da Liga, de 2017/18, disputar o playoff da Champions em vez da 3.ª pré...

Sara Carbonero volta a poder descer Santa Catarina

S

Rui Vitória tem razão: o Benfica fez o suficiente para ganhar o jogo. Então se estivesse um frangueiro como eu na baliza do FC Porto, a goleada teria sido tiro e queda. Mas não estava e ontem surgiu Casillas – e já não se aguenta, claro, a referência de todo o bicho-careta a “São Iker” – no patamar dos seus melhores tempos: Pizzi, Jonas, Gaitán e Mitroglou, e até Martins Indi, imaginaram a bola...

Peseiro e Vingada: o regresso da velha guarda

P

Tive o gosto de ver, ontem, no Dragão, o reencontro de dois excelentes treinadores que a luz da realidade fez regressar à ribalta do futebol português: José Peseiro e Nelo Vingada. Peseiro, de 55 anos e com 24 de carreira, estava proscrito desde que teve não o verdadeiro mérito de levar o Sporting à final da Taça UEFA, em 2005, mas o suposto demérito de a perder. E depois de um episódico e não...

Lopetegui não é capaz

L

Pode Pinto da Costa teimar mais algum tempo e aprovar moções de confiança a Lopetegui, que o destino está traçado: vai ter de o despedir. E não pela sua mania da perseguição, que continua imparável; não pelos assobios e pelos insultos, que terão depois de amanhã, no Dragão, uma expressão ainda mais sufocante; não por ler mal o jogo, errar nas substituições ou “inventar” demasiado; não...

O pecado da gula dos grandes clubes

O

O Benfica fez o melhor negócio com a venda dos direitos televisivos para o futebol, ao colocar fora do acordo com a NOS a publicidade no estádio e nas camisolas, o que pode elevar a faturação total até perto dos 500 milhões de euros, com o maná a iniciar-se já em julho e não no verão de 2018, como sucederá com FC Porto e Sporting. Notável é também o contrato conseguido pelos leões, longe do...

Alexandre Pais

Arquivo

Twitter

Etiquetas