Alexandre Pais

TagSIC

Um preço certo a pagar

U

A pandemia obrigou a RTP a repetir exaustivamente “O preço certo” e a perder com isso o quarto lugar que o programa tantas vezes alcançava na tabela dos mais vistos – com um número de telespetadores superior a um milhão. “Quem quer namorar com o agricultor?”, da SIC, tomou então a liderança no ante “prime time”, tendo por perto o “Big Brother”, que a TVI habilmente lançou por entre os pingos da...

E se o Big Brother lhes desse comida saudável?

E

A expulsão de Pedro Soá deu forte empurrão ao “Big Brother”, que no domingo ficou à frente de “Quem quer namorar com o agricultor?”, a pessegada da SIC que continua a ganhar nas somas dos duelos diários. Já aqui referi a melhor qualidade dos concorrentes do “reality show” da TVI em relação a edições anteriores, um fator redutor de audiências, pois alguma labreguice e algum desvario arrastam, como...

Cláudio Ramos: o falso culpado

C

Aproveitando as repetições sem fim à vista de “O preço certo”, SIC e TVI travam um duro combate no ante “prime time”, com vantagem – menor nos últimos dias – para a estação de Paço de Arcos. À noite, a vitória dos campónios armados em lavradores é ainda mais ligeira, quando não perdem, mesmo, para os desempregados em confinamento. Já o serão de domingo parece imune a surpresas: Cláudio Ramos, na...

Pesadelo no quintal do "agricultor"

P

No tempo em que se ouviam expressões populares e saía barato um peixe seco – por isso conhecido por “fiel amigo” – uma das mais usadas era “para quem é, bacalhau basta”. Ou seja, para um pobre coitado, qualquer coisa serve. É o que se passa com a segunda série de “Quem quer namorar com o agricultor?”, cuja produção, bem inferior à primeira, recolhe ainda assim a preferência do público e sublinha...

Pesadelo no quintal do “agricultor”

P

No tempo em que se ouviam expressões populares e saía barato um peixe seco – por isso conhecido por “fiel amigo” – uma das mais usadas era “para quem é, bacalhau basta”. Ou seja, para um pobre coitado, qualquer coisa serve. É o que se passa com a segunda série de “Quem quer namorar com o agricultor?”, cuja produção, bem inferior à primeira, recolhe ainda assim a preferência do público e sublinha...

Quatro homens no mar

Q

Nada como as tempestades para revelar os marinheiros. E ao enfrentar esta epidemia, aprecie-se ou não a personalidade, António Costa está a ser um timoneiro à altura. Criticada sem freio nas redes sociais, a entrevista que deu a Cristina Ferreira – dirigida ao “target” do programa, que em boa parte só ali recebe aquele tipo de informação – não podia ter sido mais oportuna. Outra mão firme a...

Duplo chapeau!

D

Na noite de estreia, “24 horas de vida”, da SIC, alcançou a terceira posição do dia, com mais de 1,2 milhões de telespetadores, “metido” entre os telejornais que, por esta altura, estão em alta. E quem esperava uma descida de audiência na segunda edição do programa, no passado domingo, enganou-se, uma vez que tornou a ficar em terceiro e até com mais 32 mil pessoas a assistir – apesar do líder...

Pobres famosos, coitada da fama!

P

Quando trabalhei, no tempo dos pioneiros, na imprensa cor de rosa, deparei-me com um problema incontornável: não tínhamos “jet set”, apenas pessoas mais ou menos conhecidas através da televisão. E até essas eram poucas, o que nos obrigava a percorrer a via sacra das sempre as mesmas. De há uns bons anos a esta parte que as estações de TV, para iludirem a questão, formam o seu próprio lóbi de...

Cláudio Ramos: um risco excessivo para a SIC

C

Raramente é verdadeiro o ditado que diz que cá se fazem, cá se pagam. Mas foi o que aconteceu desta vez à SIC. Um ano depois de ter ido buscar Cristina Ferreira à TVI, oferecendo-lhe, ao que se leu, o dobro do salário, a estação de Paço de Arcos ficou agora sem Cláudio Ramos, sofrendo com isso um golpe que pode não ter sido pequeno. A diferença entre os dois raides ao território “inimigo” está no...

Drama às 20 na TVI

D

Não há milagres. Com o acesso ao “prime time” a perder para a concorrência – ou a continuar a perder, que a questão vem de longe – o Jornal das 8, da TVI, passa por tempos difíceis. Vejamos, por exemplo, as audiências da última terça-feira, em que o Jornal da Noite, da SIC – terceiro programa mais visto do dia, depois das novelas do mesmo canal – ganhou, com 1,2 milhões de telespectadores, à...

Alexandre Pais

Arquivo

Twitter

Etiquetas