Alexandre Pais

TagTal&Qual

Amanhã há “Tal&Qual”

A

Um jornal histórico que regressa. Uns fecharam-no sem honra, nem glória, outros pegaram no título e foram à luta. Amanhã, nas bancas, volta a cheirar a papel…

Tal&Qual, memórias de um jornalismo

T

No final do último verão, a editora Âncora lançou o livro “Tal&Qual, memórias de um jornalismo”, da autoria de Gonçalo Pereira da Rosa e de José Paulo Fafe. O pretexto foi a passagem de 40 anos sobre a fundação do semanário, que deixou de se publicar em 2007. A obra não trata, em boa verdade, dos 27 anos de publicação do “T&Q”, centrando-se antes na primeira metade...

Calou-se há dez anos uma voz incómoda: o “Tal&Qual”

C

Passam neste 28 de setembro dez anos sobre o dia em que a progressiva quebra de circulação – que em 2007 já se situava em menos de 10 mil exemplares por edição – levou ao silenciamento de um dos títulos mais independentes da imprensa portuguesa, que chegou, nas décadas de 80 e de 90 a registar vendas acima de 100 mil jornais: o Tal&Qual. Fundado por Joaquim Letria, e adotando o nome de um...

Calou-se há dez anos uma voz incómoda: o "Tal&Qual"

C

Passam neste 28 de setembro dez anos sobre o dia em que a progressiva quebra de circulação – que em 2007 já se situava em menos de 10 mil exemplares por edição – levou ao silenciamento de um dos títulos mais independentes da imprensa portuguesa, que chegou, nas décadas de 80 e de 90 a registar vendas acima de 100 mil jornais: o Tal&Qual. Fundado por Joaquim Letria, e adotando o nome de um...

Alexandre Pais

Arquivo

Twitter

Etiquetas