Alexandre Pais

TagGNR

Somos parvos ou quê

S

O CM recordou-nos, há dias, a inacreditável decisão de uma juíza do Tribunal de Albufeira. Ela absolveu um arguido acusado de injuriar um militar da GNR que lhe fiscalizava a viatura, ao dizer: “Estás parvo ou quê? Vai para o c….!” O Tribunal da Relação reverteu agora a sentença, considerando crime aquilo que a magistrada não entendeu sequer como falta de educação. O desfecho na primeira...

O Estado é um deserto na hora de fazer cumprir as leis

O

Notícias davam como sendo sete os feridos, outras referiam nove, mas os repórteres dos vários canais souberam que houve quem aparecesse mais tarde nos hospitais a fazer os curativos, alegando ter caído na escada, ou que meteu o mercurocromo e as ligaduras em casa com receio de ser acusado de participar num crime. As corridas ilegais com viaturas modificadas são um evento habitual aos domingos à...

Falsos GNR: um velho truque sempre atual

F

“Assim é, se lhe parece” – Luigi Pirandello, dramaturgo italiano, 1867-1936 Um pirilampo sobre um BMW ou um Nissan, de cor branca, é meio caminho andado para o golpe. Depois, fardas mal amanhadas e umas armas – se forem de plástico também servem – percorrem o outro meio: os condutores param e são assaltados pelos falsos GNR. Trata-se de um estratagema com anos. A semana passada, o Correio da...

Alexandre Pais

Arquivo

Twitter

Etiquetas